quinta-feira, 13 de julho de 2017

Queremos governantes irascíveis

Para ser um governante, Platão defendia em sua obra A República que o sujeito deveria ter a formação anterior de guardião. Estes eram selecionados por apresentarem de forma destacada a parte irascível de sua alma (Platão dividia a alma em 3 partes: apetitiva, irascível e racional). Irascível é uma pessoa que se irrita com facilidade. Significa dizer que, para ser um bom governante, antes de mais nada era preciso ser um cara pavio curto, corajoso, em síntese um bom guerreiro. Tinha que saber brigar e gostar disso. Claro que depois se acrescentariam qualidades como a temperança, a racionalidade e a experiência. Mas não podia ser muito deboísta, como se diz hoje em dia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário